Weby shortcut

APRESENTAÇÃO

Atualizado em 24/01/16 00:19.

        O Programa de Pós-graduação em Ciências Exatas e Tecnológicas, nível doutorado, é o primeiro da UFG-Catalão, e tem seu início no 1º Semestre do ano de 2016. A criação deste programa foi fruto do esforço coletivo de seus departamentos, e representa um passo lógico e sequencial para a consolidação da pesquisa e da pós-graduação na UFG-Catalão, bem como no interior de Goiás. O objetivo do programa fundamenta-se pela integração de pesquisas com foco no desenvolvimento, na aplicação de métodos teóricos, computacionais e experimentais, típicos das ciências exatas e engenharias, de forma a permitir a compreensão de diferentes fenômenos, sistemas e processos. Tais pesquisas convergem quando consideramos que os métodos e técnicas utilizados, apesar de dispersos por diferentes áreas e de seu vocabulário muitas vezes não padronizado, se caracterizam, se não pela sua universalidade, pelo seu alto grau de aplicabilidade em diferentes situações mesmo quando estas apresentam diferenças conceituais importantes. Em torno deste tema aglutinador, o programa conta com pesquisadores de 6 departamentos da UFG-Catalão, sendo quatro de departamentos de ciências (Física, Química e Biologia) e três de engenharias (Civil, Minas e Produção), contando também com apoio do Departamento de Computação. Neste contexto, os docentes são arranjados em duas linhas de pesquisa com base não em seus objetos de estudo, mas nos Métodos (Teórico-Computacionais ou Experimentais) empregados em suas pesquisas. Essas linhas de pesquisa permitirão trocas metodológicas, técnicas e instrumentais entre as diversas áreas das Ciências Exatas e das Engenharias, gerando novos conhecimentos em suas interfaces. Essa concepção também levará a formação de pesquisadores com perfil inovador para atuarem de forma competente tanto na interface das áreas envolvidas como em inovações tecnológicas, as quais são consideradas de extrema importância para o desenvolvimento tanto no âmbito regional, quanto nacional.

       Por esta concepção, o programa é interdisciplinar, seja quando analisado in totum ou nas suas diferentes escalas. O corpo docente tem perfil diversificado, formado por docentes de diferentes áreas de formação (física, matemática, química, bioquímica e engenharias), organizados em uma única área de concentração, que visa promover uma polinização cruzada de idéias entre as áreas de conhecimento. Numa escala intermediária, as duas linhas de pesquisa, quando analisadas isoladamente, também se caracterizam por serem de natureza interdisciplinar, conforme se depreende da análise de suas descrições, seus objetivos e de seus conjuntos de temas de interesse de pesquisa. Além disso, deve-se salientar que há uma deliberada superposição entre os objetivos e temas das pesquisas das linhas de pesquisa do programa, como por exemplo, na simulação e análise de materiais e de suas propriedades físicas e químicas. De fato, alguns docentes fazem parte das duas linhas de pesquisa, uma vez que desenvolvem projetos de pesquisas que lançam mão tanto de métodos experimentais, quanto de métodos teórico-computacionais. Numa escala menor, os projetos de pesquisa se distinguem pela prática interdisciplinar e pela integração entre os docentes participantes, ressaltada pela superposição das áreas de atuação dos 7 grupos de pesquisa envolvidos na proposta, e pelas colaborações já consolidadas entre docentes que pode ser atestada com base em projetos, trabalhos e publicações.

Listar Todas Voltar